por entre os dedos

by sounds151

/
  • Streaming + Download

     

1.
04:43
2.
07:13
3.
05:33
4.
06:28
5.
6.
07:12
7.

credits

released July 15, 2012

musica e letra: pedro isidoro

tags

license

about

sounds151 Lisboa, Portugal

sounds151 (ˈsæʊndz ˈiːziː) is Pedro Isidoro singer and composer on Mordomo and Aggravated Emotional Apathy and ex-lead singer of No Tribe.

contact / help

Contact sounds151

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: (a)mar
sem saber como agir
partes para o nada
queres saber como é sentir
bebe mais coragem

mais um dia
alegria
mais um dia
sem mudar

vês arder nas tuas mãos
o que tens para dar
sem saber o coração
bate sem pensar

em camara lenta
de costas para o mar

contra ondas que rebentam
tentas resistir
esquece a dor que está lá dentro
tens de resistir
não tens mais nada que perder
não tens mais nada que temer
não tens mais nada que perder
não tens mais nada que temer


e se as ondas te levarem
deixa comigo o teu nome
que me lanço ao mar
nem que a vida me tome
Track Name: 360º
nem parei para respirar
volto aqui
nem deu tempo para pensar
estou em ti

estou em ti
o que sou
arde em mim

não desvies o olhar
estou aqui
não tens mais que complicar
estás em mim

estou em ti
o que sou
arde em mim

não há volta a dar
não há volta a dar
não há volta a dar
não há volta a dar
Track Name: esphera
esphera
trás-me mais um dia
esphera
quase esmorecia

quando não há nada mais
resta o que me consome
sou ar...

esphera
porque não me deixas sair
esphera
estou a sufocar, por mais um dia

é como ter quase nada
é só viver de madrugada
é sentir
e não poder mais
alcançar
o que tens
na tuas mãos dormente e esgotado
sempre à espera
tu segues caminho
dentro da esphera dormente e esgotado
sempre à espera
diluis-te no ar
nada se altera
estendes a mão
mas ninguém vem
tu segues caminho
dentro da esphera

mas segue o torpor... inerte....
Track Name: quase deuses, quase mortais
amanhece devagar
nuvens vento trepidar
enfraquece o vulgar
nuvens vento trovejar

quase deuses, quase mortais
quase deuses, quase mortais

sem alento, sem pensar
contra o vento invulgar

quase deuses, quase mortais
quase deuses, quase mortais

largam tudo por dinheiro...
só estão bem a dividir...
tornam tudo num cinzeiro...
homens loucos sem destino...
surdos roucos sem mudar...
Track Name: tempestade
sinto assim
o chão a tremer

perco em mim
o desejo de viver

fico só
com o vento

nuvem mãe
estou no centro

serei a tempestade
trarei caos!


guardei mais um dia
para sonhar
forcei a ventania
deixei-me a carregar...

dou tudo o que tenho